Arquivos do Blog

SPTuris lança ferramenta que reúne áreas de eventos da capital.

[Por Hotêlier News, 26/03/2012]

A SPTuris (São Paulo Turismo, empresa municipal de turismo e eventos) lançou na sexta-feira passada (23) o novo site Mice São Paulo (Meetings, Incentives, Conventions and Exhibitions), uma ferramenta de busca que reúne mais de 200 espaços para eventos na capital paulista. O evento de lançamento ocorreu no hotel Tivoli São Paulo-Mofarrej e teve apoio do SPCVB (São Paulo Convention & Visitors Bureau).

A iniciativa visa a atrair novos eventos para a cidade e facilitar a procura das empresas por locais para realizar convenções, feiras, congressos, apresentações e até reuniões de trabalho.

No site, há um sistema de busca que conta com diversos filtros, no intuito de atender necessidades específicas de operadoras, agências de viagens, empresas organizadoras de eventos e executivos responsáveis pelos departamentos de viagens e incentivo nas empresas, além de profissionais que trabalham com organização de eventos.

“A ideia é trazer mais eventos de negócios para São Paulo, já que os turistas que vêm à cidade com esse intuito representam 75% do total, somando as motivações negócios e eventos”, diz Marcelo Rehder, presidente da SPTuris.

Os espaços para eventos em hotéis fazem parte de uma das categorias existentes no site. “Em 2011, houve recorde na taxa de ocupação hoteleira de quase 70%, e o site surge para organizar e dar suporte a todos que trabalham para deixar São Paulo uma cidade mais transparente”, aponta o presidente.

Mice São Paulo

A busca pode ser feita pelo nome ou pelo tipo de espaço, dividido em quatro categorias: Pavilhão de Exposições; Centro de Convenções e Auditórios; Espaço para Eventos em Hotéis; e Espaços Diferenciados. Além disso, é possível aos interessados realizar uma busca com filtro por região da cidade, formato pretendido para o evento ou capacidade de pessoas.

Durante o lançamento, a diretora de Turismo e Entretenimento da SPTuris, Luciane Leite, lembrou que o site Mice São Paulo foi inspirado no projeto Destinos, do SPCVB, que divide a cidade em regiões.

“Dessa forma, deixamos tudo uniformizado e facilitamos a busca para os organizadores de eventos”, afirma Luciane.

O diretor-superintendente do SPCVB, Toni Sando, disse que essa parceria público-privada entre a SPTuris e a entidade é uma soma que mobiliza a cadeia do turismo. “Queremos trazer cada vez mais eventos para São Paulo e, juntos, fazemos diferença”, aponta.

Destino

São Paulo é o centro econômico do País e principal destino de negócios e eventos da América do Sul. De cada grupo de 20 turistas que se hospedaram nos hotéis da cidade em 2011, 15 (75%) desembarcam motivados pela atividade econômica, muitas vezes traduzida em viagens de negócios ou participação nos mais diversos eventos (feiras comerciais, congressos e convenções).

De acordo com o Observatório do Turismo (núcleo de estudos e pesquisa da São Paulo Turismo), esses visitantes – em boa parte empresários, comerciantes e executivos de empresas – têm médias de permanência em São Paulo de 2,6 (brasileiros) e 4,8 pernoites (estrangeiros), e gastam, respectivamente, entre R$ 1.482,40 e R$ 2.230,50 no período. Eles vêm não apenas de outras cidades do Brasil, mas também de vários outros países, principalmente Estados Unidos, Argentina, Japão e toda a Europa, entre outros destinos.

Pesquisa de espaços de eventos em hotéis

Para elaborar outras ações de incentivo a esse setor, o Observatório do Turismo também passou a realizar mapeamentos da oferta de turismo de negócios e infraestrutura em São Paulo. O mais recente foi o inédito estudo de Espaços de eventos em hotéis, realizado no final de 2011.

Entre outras informações, o levantamento apurou que as salas destinadas a eventos nos meios de hospedagem da capital paulista totalizam mais de 86 mil m² e estão distribuídos pelas regiões da cidade da seguinte forma: Sul (63,5%), Centro (19,8%), Oeste (9,4%), Norte (6,2%) e Leste (1%). O valor do metro quadrado é, em média, de R$ 31,01.

Acesse o site: http://www.spturis.com/mice/novo/index_pt.php

Anúncios

1º Evento realizado na UNIFIEO/SP

Nosso 1º primeiro desafio: Planejar, Organizar e Executar um evento.

Tema: “Mercosul”
Países participantes: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.
Público Alvo: Alunos da Universidade e convidados
Data do Evento: 10 de maio de 2010

Ficamos ansiosos e com muito receio com o nosso primeiro evento, pois eramos alunos do 1º semestre, tínhamos apenas a base em eventos, somente a teoria, porém aceitamos o grande desafio.
Não foi fácil, pois o nosso receio não era em montar um evento, mas sim para quem, quando tomamos conhecimento de que o evento teria grandes proporções e que seu público alvo era toda a Universidade, a ansiedade e o nervosismo tomou conta da sala.
Minha mente e meus pensamentos não pararam um segundo sequer, Como montar um evento sem nenhuma experiência? E se dê tudo errado? A pior das duvidas era a preocupação em sair “queimado” perante a Universidade, pois éramos o 1º semestre em Eventos, e não queríamos denegrir a imagem do curso e dos outros semestres.
Enfim, fomos com a cara e a coragem, cada um se esforçou ao máximo, encaramos o grande desafio como um degrau a mais a subir.
Se o evento foi um sucesso ou não, vejam nas fotos a seguir:


Meu grupo sorteou o Brasil para expor no evento e o tema escolhido foi o “futebol”, claro, paixão nacional dos brasileiros, ficamos em duvida entre Festa Junina, Airton Senna, Carnaval, Festa Nordestina, porém escolher o futebol para representar o país foi a nossa melhor sacada, imagine, O Brasil se prepara para o maior evento do mundo, a Copa do Mundo.
Para representar bem o futebol brasileiro, montamos um mosaico com fotos das grandes glórias conquistadas do nosso futebol.
O titulo que escolhemos foi “Brasil, Meu Brasil Brasileiro”


A proposta era levar algumas comidas e bebidas tipicas do país, levamos como comidas tipicas a coxinha, a cocada, o amendoim, e também servimos pipoca.
Como bebida levamos o nosso guaraná, foi um sucesso, não tínhamos ideia da quantidade necessária para atender a demanda do evento, na realidade não tínhamos nenhuma ideia da quantidade de público que iriamos atingir.
Pois é! As comidas e as bebidas acabaram em 20 min. de evento. (risos)
Na saída entregamos uma lembrancinha para os visitantes, a lembrancinha eram pequenas bandeiras do Brasil com imãs de geladeira e que foram confeccionadas a mão.


Para interagir o público levamos um Playstation 3 somente com jogos de futebol, resultado? Foi um sucesso, o grande problema foi tentar tirar os controles das mãos dos rapazes (risos).

Interatividade - Playstation 3


O Evento foi um sucesso, literalmente parou a universidade e o centro de exposições foi tomado por centenas de pessoas.
Estávamos no caminho certo e era nítido a alegria dos organizadores em ver tudo dando certo.

Nossa equipe.


Nossa Hostess “Aline”.
Ela ficou responsável em colher contatos dos visitantes para uma futura pesquisa de opinião.

Colocamos mais uma interatividade, a ideia era que os visitantes fizessem embaixadinhas, sempre em dupla, e o participante que realiza-se o maior número de embaixadinhas ganhava um brinde com tema de futebol.

A equipe da Argentina levou para o Centro de Exposições todo o charme daquele país, representado por um mosaico com imagens e belíssima decoração, a grande sacada das organizadoras foi a neve artificial que esteve presente o tempo todo caindo do céu, que era representado por um grande cenário.



Equipe da Argentina.

A equipe do Paraguai levaram a praça e a famosa ponte da amizade e alguns objetos populares do país.



A grande sacada da equipe do Uruguai foi levar para o centro de exposições um cassino, representando os famosos cassinos do país, porém o que mais chamou atenção, foi a praia, a equipe levaram areia de praia de verdade e que acabou sendo uma das grandes atrações do evento.
Apesar de ter feito parte da equipe do Brasil, confesso que gostei muito do espaço que a equipe do Uruguai criaram.

Equipe do Uruguai

Cada equipe deveria levar uma dança tipica de seu país, confiram os vídeos abaixo e vejam as performances de cada equipe.

A Argentina levou o Tango.

O Paraguai levou a famosa Galopeira

Performasse do Uruguai

O Brasil encerrou o evento com um grupo de pagode, com a velha guarda, um casal de samba e uma cantora de MPB.


Adorei fazer esse evento, quando o Brasil encerrou o evento, foi aquela euforia, os convidados vibraram muito e não tinha como conter a emoção e se pudesse faria tudo novamente, do mesmo jeitinho.
Nossos objetivos foram alcançados e foram além, ultrapassaram todas as expectativas.
Não vejo a hora de planejar, organizar e executar outro evento.

Fotos: Daniel Moreira